Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Excuse me for a while...

Excuse me for a while...

05
Nov15

Folhas Soltas #7

Daniela C.

- Mamã? - Proferiu a pequena criança, chamando assim a atenção de Devin que permanecia sentada no sofá ao seu lado enquanto olhava a televisão vagamente.

- Sim meu amor? - A morena olhou Harper com um leve sorriso cansado e acariciou-lhe os cabelos loiros sedosos.

- O papá chega hoje? - Questionou Harper entusiasmada, soltando pequenos guinchos enquanto batia rápidas palmas, mostrando assim o quanto ansiava pela chagada do seu progenitor. Devin sorriu e anuiu, fazendo a pequena saltar para o sofá e saltitar sobre ele. - Prometes que me acordas assim que ele chegar? - Deixou cair o seu rabo no sofá, sentando-se de novo ao lado de Devin e olhou-a com aqueles olhos verdes brilhantes.

- Nem pensar, tens que dormir. Amanhã tens aulinhas, o papá vai lá acordar-te quando for hora de te despachares. Combinado? - Advertiu a morena como se negociasse com Harper, o que se tratava de algo bastante difícil quando o assunto era o seu pai.

- Vocês querem é andar aos beijinhos e eu? Não tenho direito de os receber? - Proferiu num tom mimado, levando Devin a rir.

- Não sejas assim, sabes perfeitamente que o que eu estou a dizer é verdade. O pai não ia gostar nada de te ver acordada! - Argumentou, relembrando a pequena de que Tom lhe teria imposto determinadas tarefas e uma delas seria que a sua hora de deitar era até às 21h. Harper curvou o seu lábio inferior num beiço terno mas conformado, encolhendo os ombros.

- Tudo bem, mas amanhã quero ser acordada por ele. - Avisou enquanto se aninhava no peito de Devin e permaneceu em quieta alguns minutos até cortar de novo o silêncio confortável naquela sala. - Mamã, porque é que eu sou branquinha e tu morena? - Questionou inocentemente mas levando Devin a congelar por dentro. Porquê agora?

- Harper, o papá é branquinho assim como tu. Saíste a ele! - Respondeu enquanto se levantava com a pequena ao colo. - Está na hora de ires dormir. - Relembrou encaminhando-se para o andar de cima onde se encontrava o quarto de Harper.

- Que seca mãe! - Resmungou a mais nova cruzando os braços ao peito e recebendo da parte da morena um olhar repreendedor. - Desculpa. - Pediu enchendo Devin de beijos. A mais velha fechou os olhos com aquela pura demonstração de carinho que amava há 4 anos. Nunca vira criatura mais pura e sincera que Harper e o medo que a invadia naquele momento colocava-lhe as emoções ao descoberto.

- Não faz mal princesa, agora deita-te e descansa. - Pediu, pousando Harper na cama e fungando com as lágrimas prestes a caírem-lhe pelos olhos. Segurou-as ao máximo, fazendo os possíveis para que a mais nova não desse conta daquela sua fragilidade. Não queria mais questões, estava afetada e não lhe apetecia de todo responder à óbvia pergunta do motivo do seu choro.

Harper deitou-se na pequena cama, colocando-se confortável debaixo das cobertas cor-de-rosa bebé e olhou a progenitora com um sorriso. - Amo-te mamã, boa noite! - Desejou aguardando o habitual carinho de Devin.

- Também te amo coração. - Retorquiu, beijando a testa de Harper demoradamente, ao mesmo tempo que lhe afagava os cabelos sedosos. - Dorme com a Lua. - Murmurou como habitual e afastou-se ligeiramente, seguindo depois para a porta do quarto. Olhou a pequena uma última vez antes de reduzir a intensidade das luzes e saiu do quarto, encostando a porta atrás de si.

 

 

 

 

 

6 comentários

Comentar post

A Blogger

O meu nome é Daniela, tenho 22 anos e sou de Almada. Trabalho actualmente no STARBUCKS mas sonho ser Comissária de Bordo. Adoro escrever, ver Vlogs e não sou mesmo nada adepta de séries. Aqui vão poder encontrar parte dos meus devaneios e sonhos, quem sabe um dia isto se virá a tornar no meu Diário de Bordo.

Redes Sociais

Mensagens