Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Excuse me for a while...

Excuse me for a while...

09
Fev14

Folhas Soltas #3

Daniela C.
 
 

Duas semanas se passaram desde aquela cena e Bethany recusava-se a falar com Tom que quase todos os das lhe ligava, mais do que uma vez. O seu telemóvel apitou em sinal de mensagem de voz o que levou a rapariga a revirar os olhos. Agarrou no aparelho ainda que contrariada e ouviu a mensagem.

- Mensagem de Tom: Importaste de falar comigo? Estou arrependido e com saudades tuas, por favor atende-me uma chamada e ouve-me. Eu não preciso que digas nada…” - Beth suspirou desligando a mensagem e olhou para Bäu que movia as orelhas de um lado para o outro ao ouvir a voz de Tom.

- Não procures por ele que nunca mais o verás… - Murmurou afagando o dorso da pequena cadela. - Chamou-me ordinária e defendeu a outra que quase me queimou o cabelo com a mania de que sabe fumar a apontar para todos os lados com o cigarro. - Resmungou mimada. - Desiludiu-me mesmo…nunca me devia ter metido com ele. - Soltou um leve suspiro. - Bom a verdade é que ele sempre foi bom para mim e eu também devia ser coroada a rainha da paciência porque nem todas aguentam o feitio dele. - Acrescentou com um beicinho adorável de criança. - Ele anda sempre com aquela cara de quem está mal com a vida mas é uma pessoa super divertida e com bastante sentido de humor. Oh, tu sabes! - Guinchou a última parte e o seu telemóvel começou a vibrar-lhe de novo na mão. - É ele… - Murmurou e olhou para a foto de ambos que piscava no ecrã, atendendo a chamada do rapaz sem dizer nada.

- Finalmente atendeste… - Respirou de alívio. - Não te queria chamar ordinária Bé…acredita em mim. Eu só estava irritado porque ela não se calava. Sabes que não tenho nada com ela, foram duas noites e só me dou com aquela criatura porque é sobrinha do Jost. - Desculpou-se rapidamente. Bethany permaneceu calada assim como ele dissera que ela poderia estar. Tinha vontade de discutir com ele, dizer tudo aquilo que lhe vinha à cabeça mas preferiu conter-se. - Eu sei que estás fodida comigo mas eu tenho saudades tuas…não podes vir ter comigo ao estúdio? - Questionou, recebendo de novo um grande silêncio por parte da mais nova que batia o pé, nervosa. - Podes responder-me? Está cá a Shay e o Shiro, encomendámos umas pizzas e estamos a contar contigo. - Argumentou, levando a rapariga a revirar os olhos por ele estar a fazer chantagem com ela. - Não revires os olhos. - Atirou rapidamente, ouvindo um grunhido da rapariga. - Fala em 3…2…

- Isso é chantagem, és mesmo parvalhão. - Atirou num tom chateado. - Eu nem gosto de pizza. - Mentiu levando Tom a rir descaradamente. - Não tem piada nenhuma. Eu não vou ter contigo…

- Porquê? - Questionou num tom triste e afectado, suspirando como uma pequena criança amuada.

- Porque não temos nada um com o outro. - Argumentou com um leve encolher de ombros.

- Bem, estamos há tua espera. - Prosseguiu sem sequer dar tempo à rapariga de protestar.

- Tom! - Exclamou a rapariga num guincho e quando se deu conta, estava a falar para o nada. Tom tinha desligado! - Animal. - Protestou enquanto se levantava, pousando a manta que tinha sobre as pernas no sofá. - Anda Bäu, vamos lá ter com ele. - Resmungou enquanto pegava nela ao colo.

 

9 comentários

Comentar post

A Blogger

O meu nome é Daniela, tenho 22 anos e sou de Almada. Trabalho actualmente no STARBUCKS mas sonho ser Comissária de Bordo. Adoro escrever, ver Vlogs e não sou mesmo nada adepta de séries. Aqui vão poder encontrar parte dos meus devaneios e sonhos, quem sabe um dia isto se virá a tornar no meu Diário de Bordo.

Redes Sociais

Mensagens